Apresentação

Please scroll down for the English version

Este trabalho é financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto PTDC/HAR-HIS/29376/2017, e tem uma duração de 36 meses a partir de 1 de Setembro de 2018. Tem como objetivo estudar várias associações de mulheres que desempenharam um papel significativo ao nível político e social desde o início da Primeira Guerra Mundial até ao 25 de Abril de 1974 e que tiveram uma longevidade diferente:

  • Assistência das Portuguesas às Vítimas da Guerra (1916-1918)
  • Associação das Antigas Alunas do Instituto de Odivelas (desde 1919)
  • Associação Feminina Portuguesa para a Paz (1935-1952)​
  • Comissão Feminina do Movimento de Unidade Democrática (1945-1947)
  • Comissão Feminina Eleitoral da Candidatura de Arlindo Vicente (1948)
  • Comissão Feminina Eleitoral da Candidatura de Humberto Delgado (1958)
  • Comissão Feminina Eleitoral da Candidatura de Norton de Matos (1948-1949)
  • Comissão Feminina « Pela Pátria » (1914-1917)
  • Comissão Protectora dos Prisioneiros de Guerra Portugueses (1918-1919)
  • Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas (1914-1947)
  • Cruzada das Mulheres Portuguesas (1916-1935)
  • Movimento Democrático de Mulheres (desde 1968)
  • Movimento Nacional Democrático Feminino do Movimento Nacional Democrático (1949-1957)
  • Movimento Nacional Feminino (1961-1974)
  • Núcleo Feminino de Assistência Infantil da Junta Patriótica do Norte (1916-1938)

A duração do período em estudo, 1914-1974, mais de meio século, permitirá analisar as mudanças ocorridas nas estruturas e dinâmicas dessas associações, provenientes de diferentes contextos políticos: republicano, apoio à Ditadura e oposição clandestina, legal ou semi-legal ao regime autoritário do Estado Novo.

Com o estudo destas associações procura-se contribuir para o desenvolvimento da história política numa perspetiva de género. Além disso, uma combinação de abordagem histórica e sociológica, a que se associa a análise de redes, proporcionará novas perceções sobre as associações de mulheres, com ênfase nas ligações que podiam existir entre as associações em estudo.

A apresentação pública do Projeto realizou-se no dia 8 de Março de 2019 no ICS-ULisboa. Saiba mais aqui.

Imagem gráfica do ProjetoDaniela Krtsch, Change, 2018 (Óleo sobre tela, 60 X 45 cm)

 

English version

This research project (PTDC/HAR-HIS/29376/2017) financed by Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) has a duration of 36 months (beginning 1 September 2018) and seeks to study several women’s associations that played a significant political and social role from the outbreak of the First World War up until 25 April 1974, and which have had different longevities:

  • Assistência das Portuguesas às Vítimas da Guerra (1916-1918)
  • Associação das Antigas Alunas do Instituto de Odivelas (desde 1919)
  • Associação Feminina Portuguesa para a Paz (1935-1952)​
  • Comissão Feminina do Movimento de Unidade Democrática (1945-1947)
  • Comissão Feminina Eleitoral da Candidatura de Arlindo Vicente (1948)
  • Comissão Feminina Eleitoral da Candidatura de Humberto Delgado (1958)
  • Comissão Feminina Eleitoral da Candidatura de Norton de Matos (1948-1949)
  • Comissão Feminina « Pela Pátria » (1914-1917)
  • Comissão Protectora dos Prisioneiros de Guerra Portugueses (1918-1919)
  • Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas (1914-1947)
  • Cruzada das Mulheres Portuguesas (1916-1935)
  • Movimento Democrático de Mulheres (desde 1968)
  • Movimento Nacional Democrático Feminino do Movimento Nacional Democrático (1949-1957)
  • Movimento Nacional Feminino (1961-1974)
  • Núcleo Feminino de Assistência Infantil da Junta Patriótica do Norte (1916-1938)

The duration of the period being studied – 1914–74, more than half a century – will enable us to analyse the changes that have taken place within the structures and dynamics of these associations from different political contexts: republican and pro-dictatorship, as well as clandestine, legal and semi-legal opposition to the authoritarian New State regime.

By studying these associations we seek to contribute to the development of political history from a gender perspective. In addition, a combination of historical and sociological approaches associated with network analysis will provide new insights into women’s associations, with an emphasis on the links that may exist between the associations being studied.

The project was presented to the public at ICS-ULisboa on 8 March 2019. More information can be found here :

Project graphic identity: Daniela Krtsch, Change, 2018 (Oil on canvas, 60×45 cm)

 

Projeto FCT - PTDC/HAR - HIS/29376/2017

  Print     logoics   fct
Create your website at WordPress.com
Get started
%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close